Blog do RibinhaGeral

Márcio Sá diz que não existe perseguição, “quem está com Uilma e Rafael deve procurar a eles pra arrumar emprego”.

Segundo o vereador, a Prefeita Dinair está formando um novo governo com escolha criteriosa das nomeações.

Tempo de Leitura: < 1 minuto

Em entrevista ao radialista Eliézio Silva, o vereador e ex-secretário de Saúde Márcio Sá pediu para tratar de um tema que foi motivo de postagem por este jornalista no blogdoribinha. Segundo post, o blog recebeu informações de que servidores terceirizados ligados ao vereador Uilma Resende e ao deputado Rafael Leitoa estariam sendo demitidos das funções em que ocupam no governo por conta de terem votado nos dois parlamentares.

O blog conversou com um dos servidores demitidos e ele, meio atônito, disse que foi demitido sem dar motivos para sua demissão e que imaginava ter perdido o emprego por conta do rompimento dos dois parlamentares com o governo e por ter votado nos dois, assim como os outros demais seis servidores terceirizados que foram colocados pra fora do emprego na semana passada. Demissões de servidores. Clique e veja sobre os assunto.

Porém, o vereador Márcio Sá na entrevista trata do assunto – postado no blog em primeira mão e com exclusividade – afirmando que no governo da prefeita Dinair Veloso não existe demissão, “existe sim,” segundo o parlamentar uma formação de um novo governo, de uma nova gestão, mas ele deixa escapar de que, esse governo está sendo criteriosamente formado por aliados e cita que as pessoas que ligadas ao vereador e ao deputado – ex-aliados do governo -, que perderem seus cargos e seus empregos deverão procurar os dois. Veja o trecho da entrevista.

Artigos relacionados

1 pensou em “Márcio Sá diz que não existe perseguição, “quem está com Uilma e Rafael deve procurar a eles pra arrumar emprego”.”

  1. Que bom que isso não é perseguição. Mais quando resolverem perseguir… avisa… pro povo ir embora de Timon.
    É brincadeira…

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.