GeralTeresina

Teresina reduz 83% de colisões de veículos com o Projeto Esquina Segura

Os números são da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans)

O Projeto Esquina Segura possibilitou a redução de 83% na quantidade de colisões de veículos no centro de Teresina. Os números são da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), após análise comparativa dos dados de outubro a dezembro do ano passado, com os três meses anteriores.

De acordo com o relatório do projeto, em 25 cruzamentos foram registrados 18 colisões no período de 3 de julho a 15 de outubro de 2019, em áreas do centro e zonas leste e sul. Nesses mesmos locais, aconteceram apenas três colisões no período de 16 de outubro a 31 de dezembro.

O local com maior incidência de ocorrências era no cruzamento das ruas Félix Pacheco e 24 de Janeiro, que registraram seis ocorrências de julho a 15 de outubro e nenhuma no período de 16 de outubro a 31 de dezembro do ano passado. Outros pontos sem nenhum registro de colisão nesse mesmo período foi no cruzamento da Rua Lisandro Nogueira com Rui Barbosa, onde havia ocorrido quatro colisões, de julho a outubro do ano passado; e no cruzamento da Rua Benjamin Constant com Magalhães Filho haviam sido registrados dois acidentes de julho a outubro.

O projeto Esquina Segura é executado em cruzamentos com o reforço na sinalização com pintura na via, delimitação de espaço para conversões, faixas de pedestres, colocação de tachões refletivos e placas.

O superintendente da Strans, Weldon Bandeira, explica que o projeto Esquina Segura tem o objetivo de proporcionar, além de mais segurança para os condutores de veículos, um trânsito mais harmônico nas vias de Teresina. “A Strans iniciou esse projeto em junho do ano passado e no final do ano já estava instalado em 25 cruzamentos. Este ano, estamos expandindo e já reforçamos a sinalização em 35 cruzamentos. Com isso, estamos tentando uma mudança na cultura dos condutores que insistem em desrespeitar as normas de circulação viária”, enfatiza.

Os resultados positivos já estão sendo sentidos pelos teresinenses. O jornalista Carlos Eduardo, que trabalha próximo ao cruzamento das ruas Félix Pacheco com 24 de Janeiro, por exemplo, avalia como positiva a medida de reforço na sinalização. “Essa nova forma orienta melhor o condutor para cumprir as normas e para redução de velocidade, para fazer conversão e estacionar. Já percebemos que não ocorrem acidentes nesse cruzamento”, diz.

Cruzamentos com o projeto Esquina Segura

1. Almirante Tamandaré X Rua Piauí

2. Rua Senador Candido Ferraz X Rua Prof. Joca Vieira

3. Rua Anfrísio Lobão X Hugo Napoleão

4. Rua Valdivino Tito X Rua Barroso

5. Rua Manoel Da Paz X Av. Pedro Freitas

6. Rua Valdivino Tito X Rua 13 De Maio

7. Rua Prof. Madeira X Av. Lindolfo Monteiro

8. Rua Félix Pacheco X Rua 24 De Janeiro

9. Rua Iolanda Paulino X Rua Martinho De Sena Rosa

10. Rua São Pedro X Rua 24 De Janeiro

11. Rua Benjamin Constant X Rua Arlindo Nogueira.

12. Rua Lisandro Nogueira X Rua Rui Barbosa.

13. Rua Quintino Bocaiúva X Rua Paissandu.

14. Av. Joca Pires X Av. Rio Poti.

15. Rua Benjamim Constant X Rua Magalhães Filho

16. Rua Desembargador Freitas X Rua Arlindo Nogueira.

17. Av. Noronha Almeida X Prof. Pires Gayoso.

18. Av. Zequinha Freire X Rua Francisco Brito Sousa.

19. Rua Orlando Carvalho X Rua Azar Chaib.

20. Rua Lucrécio Dantas X Rua Trindade Júnior

21. Rua General Lages X Av. Coronel Costa Araújo

22. Av. Barão De Castelo Branco X Rua Pedro Ii

23. Av. Prof. Valter Alencar X Rua Dr. Arêa Leão

24. Av. Ind. Gil Martins X Rua Oeiras

25. Q. 67 X Ant. Gomes Chaves (Lateral Mercado Dirceu I)

26. R. Hugo Napoleão X Av. Visconde da Parnaíba

27. Av. Campos Sales X R. Rui Barbosa

28. Av. Zequinha Freire X R. Flavio Teixeira

29. Av. Marechal C. B. X R. Juliano Moreira

30. R. Cel. Costa Araujo X R. Honorio Parentes

31. R. Arlindo Nogueira X R. Lisandro Nogueira

32. R. Mato Grosso X R. Monsenhor Gil

33. R. Leonidas Melo X R. Jose do Patrocinio

34. R. Homero C. Branco X Av. Manoel C. Branco

35. Valdivino Tito X Rua Barroso

Comentar via FaceBook

Comentários

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.