GeralTimon

Vereadores discutem com sindicatos planos de cargos e adequação de carga horária

A principal pauta tratada durante a reunião com os vereadores foi a regulamentação da carga horária

Na manhã desta segunda-feira, 07, a sessão plenária da Câmara Municipal de Timon foi suspensa por alguns minutos para que os vereadores recebessem uma comissão formada por representantes dos sindicatos dos Agentes Comunitários de Saúde de Timon (SINACST) e do sindicato dos Servidores Públicos de Timon (SINSEP), que estão reivindicando a implantação do plano de cargos, carreiras e salário, além da adequação da carga horária das Equipes de Saúde da Família.

A principal pauta tratada durante a reunião com os vereadores foi a regulamentação da carga horária de 30 horas para todas as categorias dos profissionais da Estratégia de Saúde da Família (ESF), que atualmente é cumprida por algumas categorias, mas que outras estão cumprindo 40 horas.

A dentista Heloisa Sousa afirmou que a categoria foi buscar uma porta para poderem ser recebidos pela administração municipal para conversarem. “O que viemos buscar com os vereadores é força para que a gente possa chegar até o prefeito, conversar essa situação e conversando, que a gente chegue em um denominador comum que valorize o profissional, para que ele motivado, produza o melhor para a população. Porque hoje todos nós estamos cientes de que a população está sendo a mais prejudicada com essa conjuntura”.

O vereador Anderson Pêgo, presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Municipal de Timon explicou que a regulamentação da carga horária de 30 para os profissionais da ESF deve ser tratada por meio de um projeto de autoria do Poder Executivo enviado para ser apreciado e votado pelos vereadores. “Estamos aqui à disposição para fazermos essa ponte entre a categoria com a prefeitura municipal, pois sabemos da importância dessa regulamentação. Hoje Timon sofre com a alta rotatividade dos profissionais de saúde no Programa de Saúde da Família, então temos que regulamentar para que profissionais motivados possam ter a tranquilidade para prestar um serviço melhor à nossa população.

O presidente da Câmara Municipal de Timon, vereador Helber Guimarães, pontuou que a categoria tem todo o apoio dos vereadores de oposição quanto às suas reivindicações. “Eu como representante da oposição concordo com os pontos que vocês estão levantando e voto a favor da categoria, assim como todos os demais vereadores da oposição. Acredito que os vereadores da base também concordem com as questões que vocês estão trazendo aqui hoje”, afirmou.

O vereador líder da situação, José Carlos Assunção observou que a Câmara é uma Casa de diálogo e que muitas conquistas das categorias foram conseguidas por meio do intermédio dos vereadores. “Nós Câmara, em um projeto quando ele vem, de iniciativa do executivo, quando se trata de uma situação de categoria, dificilmente a base vota contrário, nós sempre votamos fechado o voto. E eu acredito que a iniciativa do executivo em relação à situação de vocês, a oposição também vai votar favorável”, pontuou.

O presidente do SINSEP, Júlio César, afirmou que nesta terça-feira representantes dos sindicatos deverão se reunir com o prefeito Luciano Leitoa para discutirem a questão da carga horária das equipes da ESF. “A aprovação das 30 horas deve beneficiar agentes de saúde, médicos, enfermeiros e dentistas concursados, além é claro de beneficiar a população. Acredito que iremos avançar nessa pauta das 30 horas, mas vamos continuar lutando pela implantação do Plano de Cargos”.

Comentar via FaceBook

Comentários

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.