Geral

Visita de Weverton a Timon cria várias vertentes e polêmicas. Qual o custo da Estrada das Piranhas?

Placa afixada em 2016 diz que obra custaria 4 milhões e 322 e agora a prefeita diz que o custo será de 3 milhões 242 mil para concluir. Estranho!

Placa da obra afixada em 2016 dizia que a obra custaria 4 milhões e 322 mil reais e sua conclusão era de até 180 dias
De acordo com a postagem da prefeita Dinair, a obra será concluída pelo valor de 3 milhões e 242 mil reais?

A visita do senador Weverton Rocha, no ultimo sábado, 27, acabou deixando um ensaio de reclamações por parte dos adversários da prefeita Dinair Veloso e de sua trupe comandada pelo Grupo Leitoa em Timon.

A primeira dessas reclamações é a de que tanto a prefeita quanto seus aliados estavam descumprindo o decreto governamental do município assinado por Dinair, que proibiu qualquer tipo de atividade que causasse aglomerações, portanto, entenderam aqueles que se manifestaram na redes sociais que a própria prefeita não teria como cobrar dos seus munícipes o cumprimento dos protocolos exigidos no decreto de sua autoria.

Na agenda do senador dizia que ele iria visitar obras de sua autoria que estavam sendo executadas em Timon como asfaltamento de ruas da cidade frutos de emenda parlamentar iniciadas durante o período eleitoral, o ano passado, e a pavimentação das estradas ribeirinhas, do povoado Piranhas ao Matapasto, iniciadas em 2016, pela Codevasf, quando Weverton ainda era deputado federal pelo custo de 4 milhões e 322 mil reais, mas que já foi reiniciada várias vezes e sempre que aparece uma nova oportunidade, o vereador Coca do Matapasta, líder comunitário da área comemora sua conclusão e nada.

Mas uma situação precisa ser urgentemente esclarecida pela Prefeitura de Timon. Segundo registros e documentos nos arquivos do jornalista titular do blog, a placa e licitação da obra da “Estrada das Piranhas”, teria um custo final de 4 milhões e 322 mil reais, isso em 2016, quando foi iniciada. Em postagem no instagram da prefeita Dinair, ela diz textualmente, que a obra será concluída pelo valor de 3 milhões 242 mil reais. O que não fica claro é que durante o tempo em que ficou paralisada, ou seja, por mais de 4 anos, a obra, agora receberá, para a sua conclusão um novo aporte de recursos quase igual ao de quando foi iniciada. Isso merece uma explicação:  “Neste sábado (27), recebemos o senador Weverton Rocha e o Deputado Federal Juscelino Filho, que vieram visitar obras de pavimentação asfáltica da estrada que liga Timon ao povoado Matapasto. Ao todo serão 22 km de asfalto que irão beneficiar várias localidades. O asfaltamento foi retomado essa semana e finalização da obra é na ordem de R$ 3.242.500,00. Agradecemos ao Senador Weverton e ao Deputado Juscelino Filho por concentrar esforços disponibilizando emendas para realização dessa importante conquista para toda região, diz a prefeita numa postagem.

Pois é, o que é estranho nisso é que a obra não foi concluída com o seu custo inicial de 4 milhões e 322 mil como diz a placa afixada em 2016 e agora, segundo a postagem da prefeita Dinair Veloso, sua conclusão vai custar 3 milhões e 242 mil reais.

A população, no mínimo precisa de esclarecimentos para saber quanto será mesmo os custo dessa obra, que é importante para a população ribeirinha e para Timon com um todo, mas ao que parece estão brincando com dinheiro público.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.