Blog do RibinhaGeral

Adão Tavares desiste de primeira licença e apresenta novo pedido para se afastar por 130 dias

O suplente já compareceu para apresentar documentos, mas só assume após aprovação da licença em plenário do titular

Adão da Ceasa: novo pedido de licença

O vereador Adão Dourado (PR), desistiu de “tirar licença” por 120 dias, como assim havia protocolado pedido no último dia 24 deste, mas ao invés disso, o vereador quer se licenciar por 130 dias, conforme requerimento protocolado hoje, 31, na Câmara de Timon. (Acesse)

De acordo com o documento que o blog teve acesso com exclusividade, Adão Dourado solicita da Câmara primeiro uma licença por 10 (dez) dias para tratamento de saúde com data a ser iniciada ontem, 30 e após essa licença o vereador quer mais 120 dias para tratar de interesses particulares, sendo contados a partir do dia 09 do mês de agosto. O pedido de Adão deve ser submetido ao plenário.

O pedido anterior de Adão não foi submetido ao plenário devido o recesso parlamentar dos vereadores e portanto, o vereador mesmo tendo protocolado pedido poderia retirá-lo e foi o que ele fez reapresentando novo pedido. O blog não teve acesso ao documento médico que confirma que tipo de doença o vereador Adão irá tratar durante esses dez dias de licença, mas segundo informações, o vereador está com problemas de ansiedade.

Hoje pela manhã, o suplente Edison Lima compareceu à Câmara para apresentar a documentação exigida para, caso a licença de Adão Tavares, após aprovação em plenário, ele assuma a cadeira do vereador como titular por quatro meses.

Dentro do setor jurídico da Casa já havia, embora, nos bastidores, manifestação contrária à posse do suplente por conta de que para se ausentar do cargo o vereador tem que apresentar pedido de licença acima de 120 dias.

 

Comentar via FaceBook

Comentários

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.