Blog do Ribinha

Defesa Civil de Timon ainda não sabe o “tamanho do estrago” das chuvas de ontem, mas trabalha na ajuda aos desabrigados

Hoje pela manhã, o coordenador receberá os relatórios para adotar novas providências e atender todos os atingidos

A Defesa Civil de Timon ainda não tem um levantamento completo dos estragos causados pelas chuvas de ontem, 05, em Timon. Segundo o coordenador César Junior (Jr Triballes), hoje pela manhã, os órgãos que integram a Defesa Civil irão se reunir para apresentar um levantamento de quais áreas foram mais atingidas e que quantas famílias estão desabrigadas, mas ele adiantou que as primeiras providências foram adotadas para que a Prefeitura de Timon garante “aluguel social” para aqueles que tiveram suas casas atingidas e que por causa dos estragos não conseguiram mais ficar em suas casas.

Segundo relato de pessoas em vídeos nas redes sociais, o maior bairro atingido foi a Vila do Bec, onde segundo vídeos, famílias perderam suas casas e tudo que tinha dentro com as chuvas de ontem. Nas redes sociais foram mostradas imagens em vídeos e fotos de pessoas e famílias que tiveram suas casas invadidas pelas ´águas. Um posto de combustível na Avenida Francisco Carlos Jansen foi invadido pelas águas. No posto de saúde Urbano Santos, no Parque Piauí a água entrou pelo teto.  Num shopping, uma loja teve prejuízos pois uma grande goteira atingiu todas as mercadorias. O jovem que trafegava pela Avenida Teresina teve sua motocicleta arrastada pela força da água e por toda cidade existe notícia de algum dano provocado pela chuva. Em alguns vídeos, a situação era de desespero pela perda de suas casas e móveis levados pela chuva. Veja algumas imagens

O coordenador da Defesa Civil informou que as famílias atingidas pelas chuvas devem procurar o CRAS em seu bairro fazer o relato de seu caso para que as assistentes sociais possam fazer uma visita ao local, e dependendo da situação, as famílias começam a receber ajuda da Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social como aluguel social, se for o caso, cestas básicas e colchões, afirmou Junior.

Sobre o fato de as chuvas terem feito alguma vítima, César Junior disse que aguarda relatório do Corpo de Bombeiros, mas a princípio não se tem nenhuma noticia, segundo ele de morte, mas aguarda pelo relatório e que as providências, também neste caso, serão adotadas.

PROVEITO POLÍTICO

Ontem, algum político, candidato a eleição deste ano, aproveitou-se do momento de sofrimento das pessoas para atribuir ao governo a culpa pelos estragos, mas ao tempo em que se preocupava em fazer mídia com a “desgraça alheia”, nenhuma providência, por parte desse político foi adotada para minimizar o sofrimento das pessoas mostradas em vídeos exaustivamente nas redes sociais.

 

Comentar via FaceBook

Comentários

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.