Blog do RibinhaGeral

Edilázio Junior quer colocar o PSD entre os maiores partidos no Maranhão

Em Timon, Ulysses Waquim está motivado com o projeto político de seu aliado

Edilázio assume PSD com os cumprimentos de Gilberto Kassab

O alçar de voo político desta semana do deputado federal maranhense Edilázio Junior na presidência do PSD do Maranhão tem motivação ainda maior na política. De acordo com interlocutores do deputado, Edilázio quer elevar o partido entre as maiores siglas do estado e, para isso, não medirá esforços.

Aliado do presidente Bolsonaro no Congresso Nacional alinhado com a política no cenário nacional e crítico tenaz do governo Flávio Dino com discursos relevantes e polêmicos na Tribuna da Câmara dos  Deputados, com repercussão no Maranhão e no Brasil, Edilázio enfrentará o primeiro desafio como presidente do partido nas eleições de 2020, onde o Brasil escolhe prefeitos e vereadores dos mais de 5 mil municípios.

Ulysses Waquim: vice-presidente do PSD e trabalho alinhado com o deputado Edilázio Junior

O trabalho de aglutinação já havia sido iniciado antes mesmo da confirmação do nome do deputado para presidente do partido. Pois prefeitos, vice-prefeitos, aliados além de vereadores, já manifestaram o desejo de ingressar no PSD sob o comando de Edilázio. Em Timon, terceira cidade do Maranhão, por exemplo, onde Edilázio teve votação expressiva, o presidente do PSD escolheu nada menos que o empresário Ulisses Waquim para vice-presidente estadual e como já havia designado o partido na cidade sob seu comando, o trabalho para o crescimento do PSD foi iniciado.

Segundo Ulisses, o momento é de organização do partido, das fileiras, temos tempo e disposição para isso e acreditamos no trabalho do deputado federal Edilázio como presidente.  O partido, em Timon, segundo Ulysses vem interlocutando na formação de chapas com nomes e potenciais fortes, dentro da filosofia de crescimento, sabemos que a eleição de 2020 não será fácil na questão proporcional sem coligação, mas organizado e planejado politicamente, o PSD ira sobressair diante de seus objetivos, sentenciou Ulysses.

TRINCHÃO

O PSD era presidido no Maranhão pelo Cláudio Trinchão (bacharel em Engenharia Civil e em Direito, é pós-graduado em Contabilidade Prática Avançada, Administração Tributária e em Direito Tributário. É Auditor Fiscal da Receita Estadual, ex-secretário de Estado de Fazenda do Maranhão). Na eleição de 2014, Trinchão recém saído da secretaria tentou uma vaga para câmara federal e não,logrou êxito na empreitada politica.

Comentar via FaceBook

Comentários

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.