Blog do Ribinha

Jovem que mora na Espanha aplica golpe e vítimas criam grupo de whatsapp para registrar denúncias

Os golpes foram aplicados com promessas de compra de ifones direto da Espanha

Uma picaretagem promovida por uma jovem que residia em Teresina e que tem parentes em cidade do Maranhão na região dos Cocais Maranhenses está ganhando fim inusitado das pessoas que foram lesadas.

De acordo com informações, a jovem, que atualmente mora na Espanha, oferecia às vítimas iPhone a preço de custo diretamente da Espanha, mas “seus clientes” faziam depósitos ou transferências dos valores combinados e ela não enviava os produtos.

O golpe lesou inúmeras pessoas de Teresina, Timon, Caxias, Coelho Neto e outras cidades vizinhas, que estão tentando manter contato com a família da jovem para que elas sejam ressarcidas das importâncias das quais foram lesados.

O inusitado está por conta de um grupo formado pelas pessoas lesadas no whatsapp para cobrar providências, mas invés disso, cada dia tem mais gente sendo adicionada no grupo dos lesados.

O blogdoribinha não foi informado sobre os valores que cada pessoa transferiu ou depositou na conta da golpista e nem de quanto é o valor do total do golpe. Ainda não se sabe também o alcance do golpe em outros estados.

As provas contra a jovem são ricas de detalhes, pois no grupo são postados, além das conversas tratadas com ela sobre a compra dos ifones, extratos de depósitos, transferências dos negócios feitos com a bandida.

O blog vai aguardar pronunciamento da  família, que está sendo contatada pelas vítimas do golpe, caso não haja essa manifestação irá divulgar informações mais aprofundados com base em boletins de ocorrências que estão sendo registrados contra a jovem picareta.

Comentar via FaceBook

Comentários

Artigos relacionados

1 pensou em “Jovem que mora na Espanha aplica golpe e vítimas criam grupo de whatsapp para registrar denúncias”

  1. Boa noite! Como faço pra participar desse grupo?fui vítima desse salada também, tenho todas as provas

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.