Blog do RibinhaGeral

Moradores das Piranhas sem água recorrem às lagoas e ao Parnaíba para beber

Moradores do povoado Piranhas, na região ribeirinha Norte de Timon, estão sem o abastecimento de água regular do SAAE há mais de 10 dias. Para suprir suas necessidades, como tomar banho, cozinhar alimentos e beber, muitos estão recorrendo às águas contaminadas de lagoas e do rio Parnaíba, outros estão caminhando cerca de dois ou três quilômetros à Localidade Barra das Pombas para conseguir uma melhor qualidade da água.

Povoado Piranhas, que já sofreu até com alagamentos, agora está sem água

O problema da falta de água na localidade é em decorrência do corte do fornecimento de energia da bomba que faz o bombeamento de um chafariz para abastecer toda comunidade. Segundo os moradores, existe muita inadimplência por parte dos moradores, que não repassam o pagamento do fornecimento ao SAAE que providencia a liquidação das contas de consumo de energia, mas o problema da inadimplência se agravou desde que o SAAE de Timon assumiu fazer o pagamento.

“Antes quando era a associação que tomava de conta de arrecadar e pagar a conta de energia, nós não ficávamos sem água um dia sequer, hoje estamos com  mais de 10 dias sem água e se virando como podemos. É verdade que existe a inadimplência dos moradores e também desperdício de água, mas o problema se agravou a partir de quando o SAAE assumiu o controle, quando era pela associação dava-se sempre um jeito de não faltar água”, admitiu uma moradora.

Polêmica de responsabilidade

Hoje pela manhã, durante sessão plenária na Câmara, o vereador Juarez Morais (SD) levantou uma polêmica de que a localidade Piranhas, estaria, de acordo com o novo limite territorial de Timon, dentro da Zona Urbana da cidade, portanto, o abastecimento de água da localidade não deve ser mais atribuído ao SAAE e sim à concessionária Águas de Timon.

Comissão leva problema ao SAAE

Logo após a sessão plenária de hoje, 14, os vereadores Coca do Matapasto (SD) e Antunes Macedo (PSDB), agendaram audiência com o presidente do SAAE Arilson Araújo para apresentar essa problemática  da falta de abastecimento em algumas comunidades da zona rural de Timon e estabelecer um diálogo levantado pelo vereador Juarez Morais de quem é a responsabilidade dos sistemas de abastecimento de água diante do novo limite territorial de Timon. Se do SAAE ou da Águas de Timon.

Até o fechamento desta edição a reunião ainda prosseguia no SAAE.

Comentar via FaceBook

Comentários

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.