Blog do RibinhaGeral

Ordem do Prefeito de Timon impede vereadores de Comissão do Trabalho de fiscalizar lixão da cidade

Os vereadores foram impedidos pelo administrador do lixão que disse ter ordem de Luciano Leitoa

Os vereadores Antunes Macedo (PSDB) e Raimundo da Ração (SDD), membros da Comissão de Educação e do Trabalho da Câmara, no uso de suas prerrogativas e respaldados na Lei Orgânica que estabelece a eles o direito de fiscalizar os serviços públicos foram impedidos de entrar no Lixão de Timon, instalado na MA-040, no povoado Bom Jardim. Os vereadores estavam acompanhados do diretor legislativo Francisco Borges, que também foi barrado.

Segundo informações dos vereadores, o senhor Araújo, administrador do lixão, alegou ter ordens do prefeito Luciano Leitoa e do superintendente de Limpeza Alexandre Luz para proibir a entrada de pessoas no local.

A visita dos vereadores faz parte de um cronograma de trabalho, fiscalização e acompanhamento dos serviços do município em que os mesmos estão sofrendo com denúncias de irregularidades e apesar das prerrogativas argumentadas e apresentadas pelos membros da comissão, o administrador do lixão não permitiu a entrada dos dois parlamentares.

Segundo os vereadores, a visita tinha caráter fiscalizadora e de inspeção para saber como estão as condições de trabalho dos funcionários que trabalham no lixão e verificar o acondicionamento do lixo.

Raimundo da Ração e Antunes Macedo não quiseram adiantar que medidas irão adotar para primeiro, terem acesso às instalações do lixão e para constestarem a decisão do prefeito e do secretário cumprida à risca pelo servidor.

Antes de fechar esta reportagem, o vereador Antunes nos informou que conseguiu falar com o secretário e o mesmo se prontificou a ir amanhã no lixão, além disso, o vereador Uilma Resende ligou para os vereadores informando que estava autorizado a entrada. Antunes disse que a comissão deverá se reunir para a avaliar a situação, mas de agora em diante, se for necessário requisitar força policial isso será feito.

Comentar via FaceBook

Comentários

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.