Blog do RibinhaGeral

Presidente da Colônia de Pescadores de Timon deixa PSDB, assina com PSD e anuncia apoio a Socorro Waquim

A entidade congrega mais de 1 mil e 400 associados e quer ter uma representante na Câmara

Mary Vieira, mulher jovem, mãe de duas filhas, presidente da Colônia de Pescadores de Timon, entidade que congrega mais de 1mil 400 associados, com auxilio às atividades de pesca e no recebimento do seguro defeso, no período da piracema, anunciou ontem, 4, sua saída do PSDB, onde assinara recentemente ficha de filiação para ingressar no PSD Mulher e afirmar seu apoio à pré-candidatura da ex-prefeita Socorro Waquim.

“Decidi ser candidata a vereadora de Timon a partir de quando fui convidada para participar de audiência pública na Câmara e a representatividade dos pescadores foi sequer citada pelos promotores da audiência. Naquele dia disse, a mim a meu marido, isso não vai ficar assim, vou lutar para que essa categoria seja reconhecida, disse Mary Vieira, na noite de ontem durante a assinatura de ficha de filiação ao PSD, partido comandado por Ulysses Waquim, presidente do PSD Timon e Amanda Waquim, presidente do PSD Mulher.

Como pré-candidata a vereadora, Mary Vieira hipotecou seu apoio à ex-prefeita e justificou sua saída do PSDB, um dos partidos que estão apoiando o Coronel Shcnnyder. “Assinei uma ficha aí com PSDB, mas não deu certo, depois tive uma conversa com Doutora Amanda, o  senhor Ulysses e a nossa futura prefeita, que a partir de janeiro de 2021 sentará na cadeira da prefeita de Timon”, disse com convicção Mary Vieira. Mary foi eleita com 80 por cento do votos dos pescadores associados.

O presidente do partido falou do cronograma e planejamento do partido a partir de quando assumiu a direção. Estamos buscando pessoas novas na luta política e aguerridas em suas atividades como é caso de Mary e muitos outros que integram o partido e vem para se juntar nessa luta política de devolver a Timon, primeiro os serviços básicos como saúde e educação e voltar com os investimentos para a geração de emprego e renda, disse Ulysses Waquim.

Amanda Waquim, afirmou seu compromisso como profissional e dirigente política do PSD Mulher de Timon estabelecendo às mulheres e homens do partido luta igual, mas como uma afinidade de que a mulher precisar galgar e conquistar espaços na política para legislar e garantir que as leis e a garantias de seus direitos sejam cumpridas.

Por fim, Socorro Waquim fez questão de afirmar seus compromissos com Timon com vereadora atualmente, legislando em causas em favor da população e de retornar como prefeito para que o sistema público volte a funcionar e garantir acesso da população. Está tudo parado na gestão atual, disse Socorro.

.

Comentar via FaceBook

Comentários

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.