Blog do RibinhaGeral

Prolongamento da Avenida Piauí em Timon até a ponte nova esbarra numa lagoa

Parte de moradores achava que a avenida seguia até ponte na BR-316 margeando o rio Parnaíba, mas não

A avenida encerra dentro do empreendimento Reserva de Flores

A avenida não interliga à ponte pela margem do rio: tem uma lagoa no caminho

Parte dos moradores que trafegou pelo prolongamento de 2 kilômetros da Avenida Piauí está frustrada com a obra. Muita gente imaginava, após vídeo do prefeito Luciano Leitoa, que a obra de 9 milhões de reais daria acesso direto à BR-316 e desembocaria até a ponte nova, mas não.

As pessoas que visitaram a obra, após a exaustiva publicação do vídeo, relataram suas impressões ao blog. A maioria, ouvida pelo blog, entende que a obra é muito importante para a cidade, mas que ela precisa ser prolongada até a ponte até para evitar esse confronto de veiculos por ruas alternativas com a BR 316, que é bastante movimentada e tem tráfego intenso de veículos pesados e que geram acidentes constantemente devido altas velocidades.

No vídeo, o prefeito não explica aos moradores que a obra construída com recursos de emendar parlamentar encerra-se numa lagoa, ou seja, entre a ponte e a via existe uma lagoa no meio do caminho do acesso.

Ruas asfaltadas pelo empreendimento Reserva de Flores darão acesso à BR-316

Na verdade, a obra de prolongamento beneficia diretamente aos inquilinos do empreendimento imobiliário Reserva de Flores, na BR-316. O empreendimento construiu 800 metros da avenida Piauí no entorno dos imóveis e aguardava a construção dos 2 kms prometidos pelo prefeito Luciano Leitoa em sua primeira gestão, pois sem a construção do prolongamento os novos inquilinos só tinha a alternativa da BR 316 para acessar suas casas, com o prolongamento tudo ficou mais rápido e encurtou a distância para os inquilinos da reserva.

Este é o final da obra construída pelo empreendimento Reserva de Flores

Os motoristas que se deslocarem pela avenida Piauí, partindo do centro de Timon só terão acesso à BR-316 via asfalto construído pelo Empreendimento Reserva das Flores, a maioria dos motoristas que foi “atestar” o vídeo feito pelo prefeito descobriu que o prolongamento encerra-se numa lagoa.

Apesar disso, dessa dificuldade, ainda com a mobilidade urbana direta e de acesso à ponte e BR-316 e até a frustração de alguns motoristas e moradores, principalmente os que irão se utilizar da via no trajeto norte/sul e vice/versa, a obra não deixa de ser importante para a cidade e desafogar o tráfego, mas ainda é uma obra inconclusa.

Dias atrás o blogdoribinha visitou o final da obra e entrou em contato com o empreedimento Reserva de  Flores, através de seu escritório em Timon, instalado na BR-316, para saber se eles serão os responsáveis pela construção do prolongamento até o acesso à ponte que interliga às BRs 316 e 226, onde está instalado o posto fiscal da Secretaria de Fazenda do Maranhão. Na oportunidade, conversamos com a secretária que fica na escritório da empresa e disse que iria repassar nosso contato ao engenheiro responsável pelo condomínio, até hoje sem resposta.

Também estivemos em contato com o engenheiro Marcos Davi, responsável pela obra de prolongamento dos dois kilomentros. Ele explicou, na época, que cabe à construtora somente à interligação da avenida até o asfalto construído pelo empreendimento Reserva de Flores, de lá para frente, disse ele não saber quem será o responsável pela construção dos acessos à ponte ou às BRs margeando o Riio Parnaíba.

Quem trafegar hoje pelo prolongamento anunciado pelo prefeito Luciano Leitoa, para ter acesso à BR-316 terá que se utilizar das pistas construídas pelo Empreendimento Reserva de Flores, o que com certeza deverá causar o tráfego maior aos moradores que já moram no condomínio ou que vierem se instalar após a entrega das obras de prolongamento.

Comentar via FaceBook

Comentários

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.